O médico, a receita e a vizinha…

Ao fazer este blog eu optei, digamos, por um bate-papo mais informal, conversa de amigos mesmo. Quem costuma visitar outros blogs de dermatologistas, em especial os americanos, já deve ter notado o quanto eles são “científicos”, cheios de referências bibliográficas, detalhes de princípios ativos e composições, efeitos adversos e outros, bem formais.

Por isso muitas vezes, seja nos posts, mas principalmente nos comentários, acabos falando de remédios.

Tem uma coisa que eu repito muito e resolvi colocar como post:

SE TEM TARJA VERMELHA É MEDICAMENTO, NÃO DEVE SER USADO SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA.

A venda de medicamentos no Brasil é um tanto quanto “relaxada”, e nenhum destes remédios deveria ser vendido sem receita, apesar de sabermos que é. (tarja vermelha é aquela “faixa vermelha” que vem nas caixinhas dos remédios na qual vem escrito: “Venda sob prescrição médica”. Por exemplo: Vitanol, Vitacid, Tri-luma. etc).

tarja1

Estou dizendo isto porque tenho medo por voces e também por mim. Tenho medo que alguem venha a ter alguma reação adversa grave pelo uso sem orientação médica.

De forma alguma o blog tem intenção de substituir a consulta ao vivo, nem tem como.

Então cuidem-se, não sigam indicações da internet, dos vizinhos, ou de quem for. E lembrem-se também que sua receita só serve para você, não passe para ninguém. Conserve seus amigos!

Beijos

Booking.com