Terapêutica “Garantida” do Melasma

A Galderma está com uma “promoção” para quem tem melasma. Caso o dermatologista ache que tem indicação e prescrever Tri-Luma e o filtro solar mais potente deles, o Cetaphil Defense, se você não tiver nenhuma melhora da mancha, ganha outro Cetaphil Defense e outro Tri-Luma. (Editado: agradeço a correção do Laurent. Como escrevi o post no início da “promoção” entendi errado, a reposição é somente do Tri-Luma. Realmente eu já sabia disso, mas nem me lembrei que o post estava errado, pois não o revisei mais. Peço desculpas se causei algum transtorno.)

cetaphil-e-triluma

Funciona assim: Tem uma escala de cores de melasma (tipo aquelas para clareamento dentario), que são numeradas do mais claro ao mais escuro. Na primeira consulta o dermatologista avalia em que “grau” (numero na escala) está o melasma, e anota. Com a receita voce compra o Tri-Luma e o Cetaphil, guarda a embalagem e a nota fiscal. Se dentro de dois meses não tiver NENHUMA  melhora da mancha (o seu melasma tem que cair na numeração da escala, mas não necessariamente desaparecer) voce ganha outro frasco de cada um dos produtos para usar por mais um tempo.

Eu acho difícil não clarear nada, nada, nada. Se clarear um pouquinho, 01 (um ) grau na escala, voce perde o “premio”. Ficaria mais interessante se o acordo fosse o DESAPARECIMENTO TOTAL DA MANCHA e ao inves do retratamento, se eles custeassem outro tipo de tratamento como sessões de peeling ou laser.

Nada contra a iniciativa, que é inédita, mas que ficaria bem mais interessante, ficaria…

E voces, o que acham? Alguem já usou? conta pra gente como foi

Bjos

Será o fim da linha?

Eu acredito que mulheres sem ESTRIAS são raridades. Se você é uma delas, considere-se uma felizarda! Mas para o restantes de nós, meras mortais, só nos resta tentar combater, amenizar ou, pelo menos disfarçar estas famigeradas marcas do estica-e-puxa. O texto abaixo é da revista BOA FORMA, resumidíssimo. Se quiser ler na íntegra, vá por aqui.

A maioria dos tratamentos citados são novos, ou são combinadas de forma inusitada.

“Agora, se querem saber minha humilde opinião… Para estrias roxas e vermelhas, os resultados são excelentes. Quanto ás estrias brancas, ainda são um desafio. As novas tecnologias como laser, luz pulsada e radiofrequencia são uma esperança, mas prefiro aguardar um pouco mais, antes de cantar vitória. Quem sabe daqui a pouco não teremos um post “finalmente o fim das estrias, definitivamente!” … I hope so…

Saiba que existem três tipos: as vermelhas ou arroxeadas; as brancas, superficiais e estreitas; e ainda as brancas, profundas e largas. De forma geral, elas aparecem quando é exigido da pele um estiramento muito rápido, por exemplo durante a fase de crescimento, na gravidez, com ganho de peso ou aumento dos seios com uma prótese de silicone grande demais”

As vermelhas ou arroxeadas são as mais fáceis de tratar, pois são recentes – a cor indica que o tecido não foi totalmente prejudicado e há sangue circulando no local. Com o passar do tempo, as linhas vão perdendo gradualmente a tonalidade até se tornarem esbranquiçadas. “Nessa fase, o tratamento, para dar bons resultados, precisa ser mais intenso e provocar uma agressão na pele para que ela reaja produzindo mais colágeno e elastina, que farão a cicatrização interna das estrias”, diz a médica. Por outro lado, quando essas estrias também são largas e profundas, há necessidade de métodos mais invasivos para estimular o preenchimento dessas linhas de dentro para fora.

Estrias brancas, largas e profundas
 
LASER FRACIONADO + SUBCISÃO
Número de sessões
3 a 5 de laser, a cada 15 dias, e 1 ou 2 de subcisão, com intervalo de 60 dias.

Estrias brancas, superficiais e estreitas

RADIOFREQUÊNCIA
Número de sessões
Entre oito e 16, com intervalo de três semanas.

LASER FRACIONADO
Número de sessões
De quatro a cinco, com intervalo de um mês.

PEELING DE COBRE + INTRADERMOTERAPIA
Número de sessões
Quinze, com intervalo de uma semana.

CARBOXITERAPIA
Número de sessões
Doze, uma por semana.

Estrias vermelhas ou arroxeadas

INFRAVERMELHO + ÁCIDO RETINÓICO
Número de sessões
No mínimo três, uma por mês.

LUZ INTENSA PULSADA + ÁCIDO RETINÓICO
Número de sessões
Entre três e seis, com intervalo de um mês.

PEELING DE CRISTAL + ÁCIDO RETINÓICO
Número de sessões
De 15 a 20, com intervalo de dez dias.

VITAMINA C + LUZ INTENSA PULSADA
Número de sessões
Dez de vitamina C, uma a cada 15 dias, e quatro de luz pulsada, com intervalo de três semanas.”

Quem tiver tido alguma experiencia positiva com estes ou outros tratamentos, não se acanhe em contar pra gente.

Beijos e até mais.

Envelhecer natural ou artificialmente?

O que voces acham da Madonna nestas fotos?

Pesquisei pela internet mas ninguem sabe ao certo o que ela fez no rosto.

Vou dar minha opinião mas é puro achismo. Me parece que ela fez Botox, nas testa e olhos, algum tipo de implante nas bochechas (preenchimento), algum tratamento ferrenho da pele, que me parece bonita e clarinha (cremes + peeling ou laser, sendo que este último melhora até a flacidez, podendo adiar uma cirurgia plástica na idade dela e para ela que sempre se cuidou).

Alguns sites de fofocas americanos acham que ela fez cirurgia mesmo (lifting).

Aqui algumas fotos em várias fases.

E aí, o que acham?

Beijos

Pernas pra que te quero…

Pelos e Microvarizes

Pelo menos aqui onde eu moro (MG) o frio já está indo embora e daqui a pouco já estaremos colocando as pernas de fora.

Se começar agora dá pra chegar ao final do ano com as pernas em dia. Além da academia e uma dietazinha pra quem não fez nada durante o inverno, tem outras coisitas que podemos fazer no consultório do dermatologista.

Quem ainda não fez, pode começar agora a depilação a laser. Dá pra chegar em janeiro nem se lembrando mais da terrível depilação com cera.

Além da depilação que já comentamos em outro post, outro tratamento que também pode ser feito com laser é o das microvarizes. Neste caso o laser substitui a aplicação de medicamentos com agulha para “secar” os vasinhos.

Vantagens:

– se não dá pra dizer que é indolor, dói infinitamente menos do que a maldita injeção. Eu já fiz nas pernas e no rosto (mais especificamente no nariz) e achei muito, mas muito tolerável (no rosto sumiram todos só com uma sessão)

– não precisa de bandagens e compressão após a aplicação.

– provoca uma manchinha roxa mas tem muito menos risco de manchar e machucar do que a injeção (como quando a medicação é aplicada fora do vaso)

– é muito chique e muderrrrno qualquer tratamento a laser 🙂

Desvantagens

– é muito mais caro que as injeções (aqui na minha região os pacientes chamam de aplicação, e aí, na de vocês?)

– se você dividir em sessões menores para ficar mais barato o tratamento é muuuuito demorado (eu cobro pela quantidade de disparos, quanto mais disparos em uma sessão mais caro, mas maior a eliminação de vasos)

– não trata vasinhos mais grossos e maiores (mas as injeções também não)

Alguém já fez? conta o que achou. Também gostaria de ouvir a opinião de quem fez com injeção.

Beijos

Dúvidas, dúvidas, dúvidas!!

Olá, meninas!

Como podem ver não morri, nem sumi no mapa. Como odeio post-justificativa-porque-não-estamos-postando, vou ser breve nesta parte. Estou me mudando, de casa e de consultório. Já viram a confusão!!

Muitas meninas estão com dúvidas sobre os cremes para a área dos olhos. Esta parte é complicada mesmo. Como disse nos post nenhum creme no mundo resolve completamente este problema. Vejam pelo post qual é o mais indicado para o seu problema, talvez tenha que usar mais de um. Mas já estejam preparadas para não ter uma resposta 100%.

É bem possível que muitas precisem de um tratamento, digamos, mais agressivo. Para esta área podemos fazer Botox (mais para o pé-de-galinha, mesmo). Pra quem não quer recorrer a uma cirurgia, no meu consultório eu indico três tratamentos com aparelhos:

– o Thermacool (para flacidez, mas não clareia e só melhora rugas de flacidez mesmo),

– o laser fracionado, eu uso o Active FX (para rugas e flacidez),

– e o Quantum (para rugas e alguns casos de olheiras).

Melhor fazer um outro post sobre isto, aí podemos colocar as indicações específicas para cada caso, não é?

Quanto à dúvida da Nanda, pode usar o Redermic, se você acha que sua pele está mais para uma pele de 40 do que para uma pele de 20. E, não, não se preocupe que ele NÃO vai te deixar com pele de 40, pelo contrário. Eu uso ele e também não tenho 40, hehehe.

Pessoal, muita coisa eu não posso responder sem ver a pele de vocês. Como sei que somos cada uma de um canto do Brasil, vou ter que pedir que procurem um dermatologista. Mas qualquer dúvida é só falar que vamos tentando ajudar, mesmo que não seja completamente.

Beijos, e espero que até o fim do mês minha vida volte ao normal, mas estou por aqui.

"Pelo" não! 2

Continuando o post sobre depilação a laser:

Existem varios aparelhos para depilação definitiva (ou mais corretamente, depilação permanente):

Não vou entrar em méritos de qual é o melhor, pois só podemos afirmar isso baseados em estudos científicos. E os estudos nesta área mostram resultados variáveis.

(Se eu esqueci de algum, fiquem a vontade de me lembrar).

Se onde voce faz o seu tratamento usa um destes aparelhos, voce está 50% no caminho certo. Os outros 50% são a experiência e competencia de quem está usando o aparelho. Porque, sim, a depilação a laser depende do operador. É ele que ajusta os parametros que vai fazer o laser funcionar ou, talvez, danificar.

– Laser de rubi
– Laser de alexandrite
– Laser de diodo
– Laser Nd-Yag
– Luz Intensa Pulsada

Algumas pesquisas apontam o laser de diodo e de alexandrite como os que tem melhores resultados. Eu uso o de diodo, mas já vi excelentes resultados com Luz Intensa Pulsada, que todo mundo fala que não é tão bom. Indício que depende muito do aplicador.

Se onde você faz ou quer fazer não usa nenhum destes aparelhos, fique à vontade para perguntar (aqui ou lá).

Beijos

 

Decida-se: "pelo" não!

Eu considero a depilação a laser um verdadeiro “gol” da medicina e tecnologia!

Vou explicar como funciona de um jeito bem “tosco”, mas, espero, que fique fácil de entender.

Laser, como voces sabem, é uma luz. A luz branca que vemos do sol é uma mistura de todas as cores. Imaginem que o laser para depilação emite uma luz bem forte (o LASER), mas para acertar o pelo nós colocamos um filtro, que deixaria passar somente a luz de cor escura, bem próxima a cor do pelo.

Ao encontrar o pelo bem escuro, toda a força (energia, poder) dessa luz seria liberada para o pelo, de uma só vez. Como essa energia é muito grande, o pelo acaba “explodindo”. 

Com essa explicação bobinha, dá pra voces entenderem duas coisinhas:

1) Porque raspamos o pelo antes de aplicar o laser: qundo a nossa luz superpoderosa chega a superficie da pele não encontra nada, somente a pontinha do pelo que está dentro da pele. Como ele é pretinho a luz entra por ele, percorre toda aquela haste de pelo que está dentro da pele (agora sim tudo pretinho) e libera sua energia, destruindo o pelo e a raiz do pelo que está bem lá no fundo. E esta é a parte importante, pois é isto que vai tornar a depilação definitiva, a destruição da raiz.

2) O laser é muito mais eficiente no pelo bem grosso, bem preto e na pele bem branca. Combinou estas 3 coisas, praticamente sucesso garantido. Quanto mais claro e fino o pelo, mais sessões, mesmo com um aparelho ótimo e um excelente aplicador. Pelo grosso e escuro em pele morena, dá bom resultado, mas talvez mais demorado, por que a cor da pele “rouba” um pouco da energia. Resultado: menor destruição do pelo e maior risco de “destruição” da pele.

No próximo post vou falar de aparelhos, de forma bem genérica. Se quiserem colocar aqui suas dúvidas sobre o tratamento e sobre aparelhos fica mais legal.

Beijos

As idades (ou os estados) da pele

Me pediram em um comentário sobre o que usar de acordo com a idade. Foi apresentado no último congresso da Academia Americana de Dermatologia um esqueminha de acordo com, não a idade, mas o estado da pele, que eu achei interessante colocar aqui para vocês.

Não é falado em Cirurgia Plástica, embora possa ser necessária, de acordo com o estado da pele (em inglês, o título se referia a topical, injectable e no-knife procedures)

1) ENVELHECIMENTO LEVE

– sem rugas – o objetivo é a prevenção

– programa básico de rejuvenescimento da pele: retinóides + filtro solar

– peelings leves ou microdermabrasão

2) ENVELHECIMENTO MODERADO – rugas de expressão

– programa básico de rejuvenescimento

– incluir toxina botulínica (“Botox”)

– pode ser necessário preenchimento

– incluir Luz Intensa Pulsada ou Laser não ablativo (para ser mais pró-ativo)

3) ENVELHECIMENTO AVANÇADO – rugas na ausência de contração dos músculos do rosto

– programa básico de rejuvenescimento

– incluir tratamentos a lasers ablativos ou fracionado

– Luz Intensa Pulsada ou lasers não ablativos são úteis

– doses mais altas de Botox

– Preenchimento com volumes maiores

4) ENVELHECIMENTO INTENSO – rugas, rugas, rugas

– programa básico de rejuvenescimento

– laser mais agressivo (resurfacing)

– preenchimento com grande volumes

– Botox é menos útil

O programa de rejuvenescimento (retinoide + filtro solar) é útil em qualquer fase, para prevenir ou tratar.

É só um início para que voces possam conversar com seus dermatologistas e trocarem uma idéia, não é uma prescrição, porque nada substitui a consulta cara-a-cara, não é?

Beijos, e se tiverem dúvidas é só falar.

Cuide do seu pescoço antes que ele se vingue!!!

 As vezes o pescoço denuncia mais a idade do que o próprio rosto. Este post é do blog The Skin Guru e vou fazer minha versãozinha básica em português:

O que pode e o que não pode em relação ao PESCOÇO:

– usar filtro solar diariamente: pode! (e deve!)

– gastar uma fortuna em cremes para o pescoço: não pode. (não resolve!)

– usar o seu creme facial a base de ácidos no pescoço: pode! (com a ressalva que a pele do pescoço é mais delicada, então não use todos os dias, pois pode ocorrer irritação.)

– cremes firmadores e hidratantes a base de DMAE : pode!

– Pensar que não tem nada a fazer pelo seu pescoço: não pode! A Dermatologia, hoje, oferece alguns tratamentos que rapidamente melhoram o aspecto do pescoço. Botox, por exemplo, melhora as rugas e relaxa os músculos, suavizando o aspecto envelhecido. Thermacool, um aparelho de radiofrequencia, é usado para tratar flacidez e pode ser usado em todos os tipos de pele. Geralmente o tratamento requer uma sessão única. Para se obter resultados semelhantes ao do Thermacool podem ser usados tambem o Titan e o Accent, com mais sessões de tratamento. Os resultados destes tipos de aparelhos, porém, variam de paciente para paciente.

– Cuidar da textura e de manchas: pode! São opções de tratamento os lasers fracionados, como o Active FX e o Fraxel, que deixam a pele clarinha, novinha e macia. Caso seu pescoço esteja vermelho, parecendo um pescocinho de peru, o Quantum pode ser uma opção, embora sejam necessarias varias sessões.

– ler o livro Meu Pescoço é Um Horror de Nora Ephron (Ed. Rocco): pode! (para rir de tudo isto e muito mais!)

É isto aí, se cuidem e olhem para seu pescoço!!!

Um beijo.