Continuando nossa novelinha…

Perdoem ser mais um post sobre filtro solar, mas é para tentar esclarecer mais uma dúvida sobre filtro solar e maquiagem. Prometo que depois vou variar um pouquinho. Falei no post anterior sobre o uso do filtro solar antes da maquiagem e a reaplicação pelo menos uma vez, no meio do dia, o que, para quem usa maquiagem é muito difícil.

Como voces já devem saber a Shiseido tem um filtro solar em pó. Há alguns dias fiz uma consulta nos sites (do Brasil, EUA, Inglaterra e Japão), sobre a necessidade do uso de algum filtro solar junto com este pó. 

Hoje recebi a primeira resposta do site brasileiro mesmo (será que naõ entenderam o meu ingles?!!!…), www.shiseido.com.br, dizendo que o pó confere proteção sem necessidade de uso de nenhum outro filtro.

Neste caso acho que uma boa cobertura é importante, se for usar ele sozinho, mas não sei se não ficaria muito artificial. Vem em 7 tons e pode ser usado sobre a maquiagem. O FPS é 35 e achei ideal para esta reaplicação no meio do dia. O que voces acham?

Deu vontade de comprar um. Se alguem já usou, conta pra gente o que achou.

*obs: era pra incluir neste post, também, um comentario sobre o filtro solar em pó da Adcos, mas não consegui nenhuma informação deles. Qualquer novidade conto pra voces.

 Beijos.

Ainda sobre filtro solar…

Ouvimos tanto sobre filtro solar, não imaginei que ainda restassem tantas dúvidas.

Vou responder a algumas dúvidas frequentes nos comentarios e no consultorio tambem.

1) Acima de FPS 30 é tudo igual?

Na verdade, acima de FPS 15 a proteção é bem semelhante. O FPS 15 já protege mais de 90% (nenhum protege 100%, sabia?).

Mas outro problema nestes números é a quantidade que aplicamos do filtro solar. Quando a indústria testa um filtro solar FPS 30 aplica uma quantidade generosa do produto. E nós aplicamos a camada mais fina e transparente possivel, não é? Tem até um estudo que mostra que o FPS 100 cai para pouco mais de 30, e o FPS 30 fica em torno de 10 (com a quantidade que usamos, que é geralmente 1/4 do preconizado).  Taí um motivo para usarmo o FPS alto.

Mas avaliando no geral, o FPS 30 teria o melhor custo/beneficio. Boa proteção mesmo para peles claras.

(obs.: FPS significa proteção contra os raios UVB, contra queimaduras, este é só um dos aspectos. Não troque o seu filtro solar que o dermatologista te prescreveu, só porque ele é um FPS maior que 30, provavelmente ele tem outros beneficios, como alta proteção UVA, anti-oxidantes, etc)

2) Luz fluorescente (fria) é tão nociva quanto o sol?

Apesar de emitirem radiação ultravioleta, a dose é bem menor. Se voce usa o filtro solar diariamente não precisa se preocupar. Li uma vez que 8hs sob uma lampada fluorescente equivaleria a, aproximadamente, 5 minutos de sol. Isto depende de quantas lampadas exitem no seu escritorio e a que distancia voce fica delas. Na dúvida, use o filtro solar.

3) Precisa realmente reaplicar o filtro solar?

Quem usa maquiagem sempre pergunta. Pois isto significa refazer o make. Teoricamente, precisa sim, já que nenhum filtro solar protege o dia todo (já existem algumas marcas que prometem 8hs de proteção). É sabido tambem que o filtro solar tem uma estabilidade de 2hs. Por isto devemos reaplicá-lo a cada 2 horas. Se você não fica exposta ao sol dia inteiro, reaplicar pelo menos 1X, no inicio da tarde, já ajuda bastante, por mais penoso que isto seja. E ainda mais: dê um intervalo de 20min entre a aplicação do filtro solar e o início da maquiagem (pelo menos de manhã). Mas não viva em função disso. Se não der tempo, compre um pó com filtro solar e torça para que realmente funcione, fazer o quê?

4) Preciso usar o filtro solar em dias nublados, chuvosos, se ficar de boné ou embaixo da barraca, ou for ficar em casa ou antes das 10h e depois das 16h?

Se estiver fazendo uso de ácidos ou algum outro tratamento de pele, SIM para todos.

Se não, depende.

Se em casa tem luz fluorescente = SIM.

Se se expõe ao sol no trajeto casa-trabalho = SIM

Se vai à praia, caminhar na rua, hidroginástica, natação, equitação, ciclismo ou qualquer outra coisa ao sol = SIM, SIM, SIIIIIIIIMMMMMMMMMMM!!!!

Na praia, rua, piscina, campo pegamos o sol de cima, mas tambem o que é refletido na superficie ao nosso redor (areia, água, cimento, etc), ou seja, de baixo para cima.

Antes das 10h e apos as 16h, as radiações ultravioleta são menores (especialmente a UVB), mas ainda estão lá. E quando está nublado, também.

Pessoal, se ficou ainda alguma dúvida vamos aos comentários.

Se levarmos tudo muito à serio, ficamos o dia inteiro por conta do filtro solar ou não saimos de casa nunca mais (mas com filtro solar).

O importante é ser prudente e coerente. Vai ficar mais tempo ao sol? Esquece a maquiagem e reaplica o filtro solar se possivel, e vice-versa.

É isso, beijos.

À base de filtro solar

Todo mundo já ouviu falar em filtro solar cor de base. Alguns até já experimentaram, uns gostaram e outros, não. Mas quem nunca usou sempre fica em dúvida, com medo de comprar e não dar certo.

Não dá pra eu dizer o que dá certo pra todo mundo, mas vou falar um pouquinho dos filtros tintos que já usei, talvez ajude quem está na dúvida se compra ou não.

**Obs.: este post é bem opinião pessoal mesmo. Nem sempre o que dá certo e errado pra mim, é regra. Faça de conta que eu não sou dermatologista, que eu sou a sua vizinha dando palpite na sua vida…

Pra começar devo esclarecer que tenho a pele bem clara, cabelos e olhos castanhos e não tenho sardas (só para voces terem noção do meu tom de pele, pois isto faz muita diferença)

Desvantagens de TODOS:

– não tem opções de cor

– são todos oleosos, uns mais, outros menos. Não acho uma boa opção para pele oleosa ou com acne.

Sunmax Colorbase FPS 30 – estou usando este atualmente. Até dispensei a base (foundation). Ele fica legal pra pele clara, quem é mais morena fica meio com cara de fantasma, porque ele tem uma cobertura boa e opaca. Mas tenho mania de usar um outro filtro solar loção por baixo, pra não precisar passar muito dele, porque mesmo tendo pele branca, tenho meeeedo de fantasma… A única coisa que não gosto dele, é que fica meio com brilhinho de oleoso, principalmente após umas 2 horas, gostaria mais se ficasse mate. Para retardar esse efeito colateral uso um pózinho por cima.

Anthelios FPS 50 cor de base – excelente fator de proteção, e o melhor fator contra os raios UVA. Mas achei ele meio tranparente, como tonalizante é fraco, quase transparente. Fora que a pele fica brilhando como se estivesse oleosa. Pra quem tem pele seca deve ser ótimo, desde que a intenção seja o filtro, e não a base.

Isdin Color FPS 65 – tambem excelente fator de proteção. Também achei transparente, não tanto quanto o Anthelios, e tambem menos oleoso que o Anthelios, mas ainda um pouco oleoso. Mas para cobrir pequenas imperfeições, não sei, não….

O Isdin e o Anthelios vão bem em uma pele mais moreninha, já que são transparentes mesmo…

 Spectraban T FPS 30 – esse até minha vó usava… muito, mas muito parecido com o Sunmax (será porque são do mesmo fabricante?), mas acho ele mais irregular na cor. Tipo assim, a cor vai mudando ao longo do frasco, e se voce comprar dois frascos, é provável que não sejam da mesma cor. Fora que as vezes, nessa variação de cor, ele tende muito a ser rosado…

Photoderm Max FPS 100 Creme tinto – altissimo fator de proteção. Quem tem propensão a alergia, deve usar com cuidado, maior FPS, maior composição química. Melhor pra pele mais morena, ou se voce quiser um tom mais bronzeado, mas cuidado pra não ficar fake. No rótulo fala pele morena a negra. Também oleoso. (Voces sabiam que quanto maior o FPS, mais oleoso é o filtro solar, para um mesmo veículo?)

Heliocare Compacto Coloreado FPS 50 – apesar da embalagem parecida com pó compacto, é creme. É oleoso, tem boa cobertura e, viva!, tem imensas DUAS opções de cores (já é um avanço!!!): Light e Brown. Excelente fator de proteção, boa cobertura. Tem também a versão oil-free FPS 25 para pele oleosa, que eles não chamam de coloreado. É como se ele fosse uma base translúcida. Não é muuuuito sequinho, brilha um pouco. Tenho um na bolsa para emergencias, faz bem a função.

Existem outros, mas os que eu já usei foram estes. Depois vem um post sobre bases e pós com filtro solar, e, Sabrina, não esqueci sua dúvida, já está a caminho. Estou fazendo umas pesquisas e talvez faça uma pesquisa em loco, já que o Filtro Solar em pó da Shiseido está na minha “wish list”.

Acho que é isso. Se alguem usou algum outro, ou tem outra opinião, conta aí.

Beijos

Cuide do seu pescoço antes que ele se vingue!!!

 As vezes o pescoço denuncia mais a idade do que o próprio rosto. Este post é do blog The Skin Guru e vou fazer minha versãozinha básica em português:

O que pode e o que não pode em relação ao PESCOÇO:

– usar filtro solar diariamente: pode! (e deve!)

– gastar uma fortuna em cremes para o pescoço: não pode. (não resolve!)

– usar o seu creme facial a base de ácidos no pescoço: pode! (com a ressalva que a pele do pescoço é mais delicada, então não use todos os dias, pois pode ocorrer irritação.)

– cremes firmadores e hidratantes a base de DMAE : pode!

– Pensar que não tem nada a fazer pelo seu pescoço: não pode! A Dermatologia, hoje, oferece alguns tratamentos que rapidamente melhoram o aspecto do pescoço. Botox, por exemplo, melhora as rugas e relaxa os músculos, suavizando o aspecto envelhecido. Thermacool, um aparelho de radiofrequencia, é usado para tratar flacidez e pode ser usado em todos os tipos de pele. Geralmente o tratamento requer uma sessão única. Para se obter resultados semelhantes ao do Thermacool podem ser usados tambem o Titan e o Accent, com mais sessões de tratamento. Os resultados destes tipos de aparelhos, porém, variam de paciente para paciente.

– Cuidar da textura e de manchas: pode! São opções de tratamento os lasers fracionados, como o Active FX e o Fraxel, que deixam a pele clarinha, novinha e macia. Caso seu pescoço esteja vermelho, parecendo um pescocinho de peru, o Quantum pode ser uma opção, embora sejam necessarias varias sessões.

– ler o livro Meu Pescoço é Um Horror de Nora Ephron (Ed. Rocco): pode! (para rir de tudo isto e muito mais!)

É isto aí, se cuidem e olhem para seu pescoço!!!

Um beijo.

Kit anti-rugas básico…

Pra quem anda mal do bolso mas quer preservar a pele e não quer rugas nem de preocupação vai uma dica que fica bem baratinha.
Mas atenção, é o básico do básico do básico…

Simples:

Protetor solar – já que o que envelhece a pele é o sol (muito mais que o tempo e a idade) – escolha o seu aqui, e

 

Sunglasses – para evitar rugas de expressão na área dos olhos e testa (principalmente se a dureza chegar ao ponto de andar a pé, o que é ótimo pra saúde, diga-se de passagem, mas não tem nada a ver com nosso post. hahaha).

 

Beijos e acreditem no meu conselho, usem filtro solar…

Novidades: um veículo diferente!

 

Já falamos sobre veículos de filtros solares aqui, para ajudá-los a escolher o seu.

No ano passado os Laboratórios Stiefel lançaram um protetor solar diferente. É o ANSOLAR FPS 30. O veículo é totalmente diferente dos que já vimos, apesar de se apresentar na embalagem como “gel-creme”. Eu o incluí nos protetores para pele oleosa, para > 25 anos.

O veículo parece uma “cerinha”. Mas você vai passando e ele vai “sumindo”. Logo após a aplicação, fica meio oleosinho, enquanto tá úmido, mas depois fica sequinho. O Laboratório atribui essa sensação diferente ao que eles chamam de COMPLEXO S3. Além de proporcionar proteção, esse complexo promove hidratação, ação antioxidante e forma um filme protetor que eles chamam de “efeito segunda pele”. Acho que esse efeito que dá a textura diferente. Eu nunca vi em nenhum outro filtro solar antes.

Então é isto: protetor solar e protetor celular para prevenir rugas e manchas. Não é tudo de bom?

Ah, já ia me esquecendo, alem de vir em bisnaga como qualquer protetor, ele tem uma apresentação em cápsulas. Pelo amor de Deus! já existe o filtro solar para ingerir, mas não é esse! A cápsula é para você abrir e aplicar. Cada cápsula dá pra aplicar no rosto, pescoço, colo, mãos e um pouco dos braços. Sinceramente, eu achei que vem muito protetor, você acaba gastando muito. A embalagem vem só 20 cápsulas e é um pouco mais cara que a binasga de 60g, que tranquilamente dá pra mais de um mês. Acho que rosto e pescoço já tava de bom tamanho, mas acho que ficaram com medo de fazer a cápsula muito pequena e aí ficar fácil pra engolir, sei lá…

Se alguém aí já usou me conta o que achou, prá não ficar só a minha opinião, ok?

Beijos.

Quem te protege mais?

 

Qual a verdade sobre o fator de proteção?

Na verdade o Fator de Proteção Solar (FPS) 15, já proteje bem, algo em torno de 95%.

Então, porque usar um número maior?

Para que você não tenha que ficar reaplicando toda hora. Quanto maior o FPS, maior o tempo que ele fica te protegendo em condições normais (sem molhar, transpirar, etc).

Outro motivo é para que você não tenha que passar uma camada muito espessa do produto. Nos testes para determinar o FPS eles usam muito mais produto do que nós usamos, no dia-a-dia.

Então, fica assim:

Um FPS de no mínimo 15, para o dia-a-dia, se você não trabalha na rua e não transpira muito. Mesmo assim, reaplique pelo menos uma vez, no meio do dia.

– Quanto maior o fator de proteção, mais oleoso, em qualquer veículo. Por isso não exagere!

– Fique de olho no fator de proteção UVA, chamado de IPD ou PPD. Os melhores protetores já vem com eles e isto é importante!

– Gel aquoso ou aquagel não são resistentes à água e nem à transpiração. Portanto não são filtros para piscina ou praia.

É isso aí. Dúvidas? deixe seu recado ou comentário.

Beijos

Com que filtro eu vou?

Ainda fica em dúvida sobre qual protetor solar é o ideal para sua pele?
Vou tentar fazer um esqueminha básico, pra ficar fácil. Claro estas são minhas preferências para prescrição, cada um tem seus gostos. Mas talvez ajude quem está tentando encontrar seu par ou quer variar o seu.
Veículos:
Gel alcoólico: pele oleosa, jovem (até + ou – 25 anos). Junto com a versão em spray é o meu preferido para os homens pois é +  fácil aplicar onde tem muitos pelos e/ou “poucos cabelos”.
Gel aquoso ou aquagel: pode ser uma opção para os maiores de 25 e com pele oleosa. Eu os considero os menos oleosos mas são um pouco grudentos e amargam (quem te beijar vai reclamar!);
Loção oil-free: outra opção para pele oleosa. Boa opção também para quem não tem pele tão oleosa mas transpira muito.
Gel-creme: peles oleosas ou mistas, em tratamentos que ressequem, mas com cuidado pois podem arder se a pele estiver sensível.
Fluidos: eles são líquidos (bem ralinhos). Dá pra usar numa pele não muito oleosa.
Loções: pra pele seca. Quem tem pele oleosa consegue usá-las no corpo, só não pode no rosto, no dorso e no colo.
Creme: pele seca.
Viram? Ficou mais fácil? Qualquer dúvida podem perguntar.
Depois vou falar de algumas variações, como os cremes tintos  e filtros + hidratrantes e + anti-rugas. Vou falar também sobre os fatores proteção.
Beijos e até mais.