O médico, a receita e a vizinha…

Ao fazer este blog eu optei, digamos, por um bate-papo mais informal, conversa de amigos mesmo. Quem costuma visitar outros blogs de dermatologistas, em especial os americanos, já deve ter notado o quanto eles são “científicos”, cheios de referências bibliográficas, detalhes de princípios ativos e composições, efeitos adversos e outros, bem formais.

Por isso muitas vezes, seja nos posts, mas principalmente nos comentários, acabos falando de remédios.

Tem uma coisa que eu repito muito e resolvi colocar como post:

SE TEM TARJA VERMELHA É MEDICAMENTO, NÃO DEVE SER USADO SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA.

A venda de medicamentos no Brasil é um tanto quanto “relaxada”, e nenhum destes remédios deveria ser vendido sem receita, apesar de sabermos que é. (tarja vermelha é aquela “faixa vermelha” que vem nas caixinhas dos remédios na qual vem escrito: “Venda sob prescrição médica”. Por exemplo: Vitanol, Vitacid, Tri-luma. etc).

tarja1

Estou dizendo isto porque tenho medo por voces e também por mim. Tenho medo que alguem venha a ter alguma reação adversa grave pelo uso sem orientação médica.

De forma alguma o blog tem intenção de substituir a consulta ao vivo, nem tem como.

Então cuidem-se, não sigam indicações da internet, dos vizinhos, ou de quem for. E lembrem-se também que sua receita só serve para você, não passe para ninguém. Conserve seus amigos!

Beijos

18 ideias sobre “O médico, a receita e a vizinha…

  1. Olá dra. Beatriz,

    A algum tempo a pele da minha virilha começou a ficar grossa e mais escura, às vezes me aparece algo parecido com espinha. A pele esta tão grossa que em alguns pontos parece com verruguinhas.

    A sra. sabe me informar o que seria isso?

  2. Para a menina de 15 anos ,eu tenho uma filha morena jambo q e linda a pele uniforme tds adorariam ter a cor dela,a outra e loira de pele clara ,nao faz tanto sussesso quanto a morena………beijos

  3. para a menina de 15 anos,tenho 43 anos ja usei ate 10%,mas vc que tem pele jovem nao faça isto nunca vai dar queimadura de segundo e terceiro graus e vc vai ficar um monstro,minha filha tem 23 anos pele grossa e nao resistiu a 4% teve queimaduras a sorte q ela perceu rapidamente e suspendeu o uso ,era por receita medica,ficou 15 dias com o rosto saindo crostas ,e descascando ,e ardendo teve que tomar medicamentos e usar pasta de gelo. Espero q crie juizo,,beijos

  4. Nossa, comentário esquisitíssimo o anterior. Não faça isso não, muito novinha, aposto que tem uma pele linda, pra que ficar tão branca. Quem tem pele muito branca sofre muito, eu que o diga. E sem receita? Isso é proibido.
    Engraçado este comentário, justo neste post.
    Mas eu ia comentar sobre a venda de medicamentos com tarja vermelha, na prática são todos vendidos livremente. É uma vergonha e um perigo.
    Abraço

  5. oi, eu estava lendo a respeito da hidroquinona, e eu mandei manipular 8% ácido retinóico 0,1%

    arbutin 2%
    ácido kójico 1%
    e estou usando, não estou vendo clareamento satisfatório.

    sem receita médica,eu sou morena clara, eu quero ficar branca (transparente) desde criança. Eu tenho apenas 15 anos de idade.E sempre admirei peles branquinhas, se 8% de hidroquinona não funcionar, manipularei 20%

  6. Olá Beatriz

    Meu nome é Paula Ferrary , sou cabelereira e maquiadora, estou construindo um blog sobre o assunto ,então tenho passado horas pesquisando links realmente úteis para minhas clientes e público em geral…fiquei encantada com seu blog!!!Ele era tudo que eu queria para indicar como fonte de esclarecimento e pesquisa, espero que não se importe mas coloquei um link no meu blog para o seu.

    bj

  7. Perfeito o seu post!!!Sou médica e tb tenho um blog, e muitas pessoas tentam “se consultar pela Internet”.
    Se não digo o nome do remédio, acham que estou de má vontade, e não que estou zelando pela saúde das pessoas.
    Vou fazer um post sobre isso tb….
    Parabéns pelo blog!!!
    Luciana

  8. Olá Beatriz, tudo bem?

    Farei uma pergunta of-post, ok?

    Tenho 26 anos, e uso base oil free com protetor solar todos dias, após passar um produto de limpeza e um hidratante.

    Posso usar a base diariamente? Não “estraga” a pele?

    Muito obrigada.

  9. Olá Dra. Bia… Eu estou com muitas manchas escuras no bumbum…Tô querendo usar um manipulado de hidroquinona.. Uso qual concentração?? Posso usar na virilha e nas axilas também??

  10. Dra Bia, por favor você poderia explicar ais detalhamente, sem ser muito profundamente, até por que eu não quero te dar trabalho, e tb não entendo muito de cosmetologia, rsss…

    Qual diferença de Pill Food, para o Viviscal ?

    Bjossssss

  11. Dra, pode me indicar onde posso comprar Viviscal mais barato ?

    Sou super vaidosa, gasto tubos em consultas e produtos.

    Minha vaidade vai me levar à falência. rssss

    Até hoje não recebi o email com o tel do seu consultório…

    Tb queria indicar para você ler, uma matéria muito polêmica, flaando sobre essa modinha de manipulados, saiu na Vogue desse mês (não tenho a ref da edição aqui)- portanto, com capa toda em azul, tendo a modelo figurando é, Flávia Oliveira, e as letras VOGUE, em azul marinho. Leia!

    Beijos dra,

    Renata

  12. Oi, Pedro,
    quando coloca link o wordpress entende como spam e some com o comentario. Concordo com você e neste caso o estrangeiro é melhor mesmo, fazer o quê?
    Quanto ao Botox dei uma olhada nos artigos mais recentes da BSV (bibliot. virtual de saude) e naõ achei nada, vou olhar depois com calma.
    Renata,
    eu acho os dois semelhantes. Em breve teremos novidades com o Inneov para cabelos, vamos ver qual será a proposta. Eu prefiro que a medicaçaõ não seja manipulada (mas é opção minha). Só cautela pois o minoxidil não deixa de ser um medicamento (com menor risco nesta dose)
    bjos

  13. Dra, você conhece viviscal ?

    Estou pensando em começar usar, mas na minha cidade não exste para vender.

    Posso continuar usando pill food, e minhas capsula de oleo de linhaça ?

    Uso também uma solução manipulada que contém minoxydil, mas penso em usar Regaine 2% minoxydil.

    Bjos

  14. Oops, acabei de escrever um comentário enorme e não apareceu! 🙁 Vou escrever novamente, hehe!

    Noto que os dermatologistas americanos, assim como os médicos de outras especialidades, sentem-se mais a vontade para comentar sobre medicamentos. Isso é devido ao fato de que fora do Brasil, se o medicamento está na categoria de “venda sob prescrição médica”, isso significa que o cliente só irá conseguir comprar o medicamento se ele realmente mostrar a receita médica. Não adianta chorar, gritar, espernear; se o medicamento não é de venda livre, o cliente simplesmente não tem como comprar o medicamento. Sendo assim, os médicos comentam sem muito receio sobre medicamentos, uma vez que – pelo fato de que o paciente não irá conseguir comprar o medicamento sem receita – não há o risco de estimular a auto-medicação.

    Não sou como aqueles deslumbrados que acham que tudo o que é estrangeiro é melhor e tudo o que é nacional é pior. Entretanto, essa “cultura” do brasileiro de se auto-medicar precisa mudar. Auto-medicação além de poder prejudicar a saúde, gera um grande prejuízo aos cofres públicos. Para que serve a ANVISA? No Orkut, por exemplo, vejo gente que manda manipular hidroquinona a 20% (vinte %). Como se não bastasse o fato da concentração ser bizarra, o farmacêutica ainda vende sem receita! [:o] Tenho um professor de biologia do curso pré-vestibular que sempre alerta sobre o que ele chama de “Vizinha Quase Médica”, hehe.

    Mudando de assunto, tu sabes alguma coisa sobre a possibilidade do Botox melhorar poros dilatados e excesso de oleosidade? Para mim, que sou leigo, isso é estranho. Porém, foi o que li em um blog de um dermatologista:

    http://thedermblog.com/2008/11/16/botox-might-help-shrink-pores-reduce-excess-oil/

    Será que funciona? Se a resposta for sim, será que há a possibilidade de aplicar sem mudar qualquer expressão facial?

  15. Noto que os dermatologistas americanos, assim como os médicos de outras especialidades, sentem-se mais a vontade para comentar sobre medicamentos. Isso é devido ao fato de que fora do Brasil, se o remédio é de prescrição, esse remédio só é vendido com receita. Se o cliente não tiver receita e o medicamento estiver na categoria de “venda sob prescrição médica”, o cliente pode chorar, berrar, espernear; e, ainda assim, não vai conseguir comprar o medicanto. Como os médicos estrangeiros sabem que não há o risco de estimular a auto-medicação, uma vez que o paciente não vai conseguir comprar o remédio; eles – sem maiores receios – acabam comentando sobre medicamentos.

    Não sou como aqueles deslumbrados que acham que tudo o vem de fora é melhor e tudo o que é nacional é pior. Mas essa “cultura” do brasileiro realmente tem que mudar. A auto-medicação, além de causar danos à saúde de quem se auto-medica, gera uma grande prejuízo aos cofres públicos. Para que serve a ANVISA? No País, todo mundo consegue comprar praticamente qualquer medicamento sem receita. No Orkut, por exemplo, vejo gente que manda manipular cremes com 20% (vinte) de hidroquinona! [:o] E, mesmo que o cliente não apresente receita e a dosagem esteja fora da usual, o farmacêutico manipula! [:o]

    Agora, mudando de assunto, tu sabes de alguma coisa sobre Botox para poros dilatados? Sei que é estranho. Foi o que li, entretanto, no blog desse dermatologista:

    http://thedermblog.com/2008/11/16/botox-might-help-shrink-pores-reduce-excess-oil/

    Será que isso funciona? Se a resposta for positiva, será que existe como aplicar sem mudar qualquer expressão facial?

Deixe uma resposta